UMA ANÁLISE DO NÍVEL DE PRODUÇÃO E GASTOS SOCIOAMBIENTAIS DAS EMPRESAS DE MINERAÇÃO NO BRASIL

Maria Audenôra Rufino, Victor Ranieri Bomfim Sampaio de Araújo, Polyandra Zampiere Pessoa da Silva

Resumo


As consequências de impactos ambientais e sociais causados pelas empresas ganham cada vez mais importância e pauta nas discussões da sociedade, principalmente devido a ocorrência de recentes tragédias ambientais que afetaram a comunidade e o ecossistema. Uma forma de minimizar esses impactos são os investimentos em práticas sustentáveis, tanto de prevenção e preservação do meio ambiente, como de ações voltadas ao bem-estar social. É importante ressaltar que há setores econômicos que por sua própria natureza tem alto impacto ambiental, por exemplo, as do setor de mineração. Nesse sentido, o objetivo dessa pesquisa foi verificar qual a relação entre o nível de produção e os gastos socioambientais. Para tanto, a pesquisa foi realizada em oito empresas do setor de mineração, entre o período de 2004 a 2014. Os resultados indicam que os gastos tanto sociais como ambientais explicam parte do nível de produção das empresas mineradoras do Brasil. Além disso, observa-se que para as empresas analisadas o aumento em 1 milhão de reais em gastos ambientais geram um aumento de produção de 88 mil toneladas. Enquanto que 1 milhão em gastos sociais gera um aumento de cerca de 3 mil toneladas.

Palavras-chave


setor de mineração; investimentos sociais; investimentos ambientais

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page