MARCAS DA FRAGILIDADE: VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO BRASIL

Marlla Cristina Mangueira Maciel, Weslley Epifanio Sarmento, Naylla Duarte de Queiroga, Hilana Cristina Lins Machado, Dayanne Alves Pereira, Sandra Maria Figueiredo de Lima, Wyara Ferreira Melo, Wenya Sarmento Sobrinho

Resumo


O estudo tem por objetivo analisar o histórico da violência contra a mulher dando ênfase aos índices de mulheres violentadas no Brasil juntamente com as políticas e legislações criadas para combater esse problema tão complexo que muitas vezes encontra-se camuflado na sociedade. Trata-se de uma pesquisa documental qualitativa, onde através da explanação de diversos autores avaliaremos como anda a proteção social para mulheres vítimas de violência no Brasil. Desta forma, entende-se que a Lei Maria da Penha não inibiu os agressores de continuarem praticando atos de violência contra mulheres e que o Estado deve ampliar e consolidar as políticas sociais já existentes direcionadas a proteção e prevenção de mulheres no Brasil.

Palavras-chave


Violência. Mulher. Lei Maria da Penha. Proteção Social

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page