INFLUÊNCIA DO TRATAMENTO TÉRMICO PÓS-SOLDAGEM NA DUREZA DA ZTA DO AÇO 9%Ni

Paloma Estebanez Marques Mineiro, Karen Debora Cruz, João da Cruz Payão Filho

Resumo


O sistema de reinjeção de CO2 nas camadas do pré-sal aumenta significativamente a produtividade dos poços e pode atingir a temperatura de -95°C na rápida descompressão em caso de falha. Como o sistema está sujeito a condições altamente corrosivas, a soldagem de revestimento dos tubos de aço 9% Ni com superliga de níquel pelo processo GTAW está sendo estudada. Segundo estudos prévios, o tratamento térmico pós-soldagem (TTPS) é recomendado devido a alta dureza da ZTA. Porém, estudos conforme a norma ASTM A333 grau 8 não atingiram os níveis desejados de dureza. Neste trabalho foram analisados TTPS’s em distintas condições de temperatura e tempo, procurando identificar a que melhor atende à aplicação. Após 40 condições de tratamentos testadas, ensaios de dureza e caracterização por microscopia, verificou-se que a mínima dureza ocorre na condição de duas camadas de revestimento tratada à 600°C por 4h, devido à microestrutura similar ao metal base composta por matriz ferrítica com austenita reversa nos contornos de grãos.

Palavras-chave


Soldagem de revestimento; Aço 9% Níquel; Tratamento Térmico Pós-Soldagem

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page