EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: DA PRÁTICA À PRODUÇÃO CIENTÍFICA, UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA

Simone da Rosa Messina Gomez, Fabiane Volpato Chiapinoto, Daniel Arruda Coronel

Resumo


A extensão universitária tem papel fundamental na formação dos discentes bem como no atendimento à comunidade, pois ambos são beneficiados pela troca de saberes e práticas. Neste sentido, o presente artigo tem por objetivo mapear as produções científicas sobre o tema “extensão universitária” no período de 2000 a 2017. A metodologia utilizada foi a bibliometria, contando também com o uso do software Nvivo para a análise da frequência de palavras e posterior apontamento de concepções e resultados dos trabalhos pesquisados. A base de dados utilizada foi a SciELO Citation Index (Web of Science). Os resultados indicam uma carência de produções científicas no campo da extensão, uma vez que foram encontrados apenas 12 artigos, e só ocorrem registros a partir de 2010. Não há predominância de autores ou instituições nas publicações. Percebe-se que a extensão, apesar de ocorrer na prática, está dissociada da pesquisa e do ensino. Além disso, a análise aponta que é necessário conhecer e planejar a extensão; o desenvolvimento dela visa tornar a formação mais humanizada e cidadã e também pode ser entendida como forma de enfrentar problemas sociais, não devendo assumir de todo o papel do Estado.

Palavras-chave


Extensão universitária; Bibliometria; Políticas extensionistas.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page