INTERDISCIPLINARIDADE (ALÉM DA MULTIDISCIPLINARIDADE): EM BUSCA DA INTEGRALIDADE ATRAVÉS DO TRABALHO EM GRUPO NAS AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE.

Leticia Figueiró Fontoura, Mônica Wietzke, Izadora Joseane Borrajo Moreira, Edna Linhares Garcia, Suzane Beatriz Frantz Krug

Resumo


A integralidade é um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) que deve ser observado em todos os níveis de assistência à saúde, considerando a importância do olhar interdisciplinar nas ações executadas para o seu atendimento. A interdisciplinaridade é ferramenta para a construção de novas práticas, mais integradas e resolutivas, relacionado-se intimamente às ações de promoção da saúde. Tais ações primam pela educação em saúde e, através de trabalhos em grupos, são prática comum nos serviços de Atenção Primária. Grupos podem ser realizados por um ou mais profissionais e aplicados no trabalho com vários públicos e temas, constituindo-se meio rico e eficiente de trocas entre os participantes, promovendo a saúde através do trabalho educativo, prevenção de doenças e manutenção do acompanhamento clínico, reforçando, também, o vínculo entre profissionais e usuários. Este texto reflete sobre a importância da interdisciplinaridade nas ações de grupos de educação em saúde, motivado pelas vivências profissionais de uma Enfermeira, uma Educadora Física e uma Médica, que perceberam nos benefícios desse trabalho, um ponto comum em seus fazeres diários. Acredita-se que ações interdisciplinares nos grupos de educação em saúde atendam ao usuário, entendendo-o como ser biopsicossocial atuante no tratamento em parceria com a equipe de saúde.

Palavras-chave


Educação em Saúde, Relações Interprofissionais, Serviços de Saúde.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page