DONA CÂNDIDA: UMA LEITURA DA SEXUALIDADE FEMININA EM RUÍDO DE PASSOS DE CLARICE LISPECTOR

Vera Kauss, Dilermando Moraes da Costa

Resumo


Resumo: Ao longo da história, as mulheres tiveram seus direitos aviltados em diversos aspectos sociais, psicológicos e religiosos. Lamentavelmente, eram submissas aos seus pais e, posteriormente, a seus maridos. De igual modo, tinham a sexualidade ignorada e, por vezes, inibida devido às convenções sociais moralizadoras. No entanto, quando se fala da sexualidade da mulher madura, os estigmas ainda são maiores, uma vez que o desejo é comparado à falta de decoro. O presente artigo objetiva discutir a sexualidade da mulher, priorizando a daquela madura a partir da leitura de Ruído de Passos, de Clarice Lispector, fazendo, através do diálogo com outros saberes, um estudo interdisciplinar.

Palavras-chave: Sexualidade. Mulheres maduras. Ruído de Passos.

Palavras-chave


Sexualidade. Mulheres maduras. Ruído de Passos.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page