ANÁLISE DA MATRIZ DE TRANSPORTE BRASILEIRA: CONSUMO DE ENERGIA E EMISSÃO DE CO2.

Ilton Curty Leal Junior, Diego Coelho Valva, Vanessa de Almeida Guimarães, Pítias Teodoro

Resumo


A matriz de transporte brasileira é desbalanceada, devido ao histórico enfoque de investimentos governamentais no modo rodoviário, o que é inadequado ponto de vista econômico e ambiental para um país continental, como o Brasil. Diante disso, o objetivo deste trabalho é estimar o consumo de energia e a emissão de dióxido de carbono (CO2) do setor, com base na matriz de transporte atual. Além disso, foram consideradas alterações nas matrizes individuais de dez produtos que estão entre os de maior volume e representatividade para a economia brasileira. Para tanto, propuseram-se quatro cenários com intuito de verificar o impacto de possíveis alterações na matriz. Ao final, foram sugeridas melhorias, considerando-se ações de transferência modal e/ou alteração de fontes de energia. Os resultados mostram ser possível reduzir em até 21% o consumo de energia e até 75% as emissões de CO2.

Palavras-chave


Matriz de Transporte; Consumo de Energia; Emissão de Dióxido de Carbono

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page