AVALIAÇÃO DO PERFIL ALIMENTAR DE ADOLESCENTES RELACIONADO AO CONSUMO DE GORDURAS E FIBRAS

Márcia Vanessa Maichaki, Tales Gabriel de Deus Bueno, Daiana Novello

Resumo


A adolescência é conhecida como uma fase de muitas mudanças e são influenciadas por fatores hereditários, ambientais, nutricionais e psicológicos. Dentre essas transformações, muitas têm efeito sobre o comportamento alimentar. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o perfil alimentar de adolescentes relacionado ao consumo de gorduras e fibras. Participaram do estudo 45 indivíduos, de ambos os gêneros, com faixa etária entre 15 e 18 anos de idade. Foram analisadas as frequências alimentares e, também, foi aplicado o recordatório de 24 horas. Verificou-se que as meninas consomem uma dieta mais rica em gorduras (55,6%) em relação aos meninos (44,4%). O mesmo ocorreu em relação às fibras, sendo um consumo maior entre as meninas (76%), ficando abaixo do valor recomendado (27,3%). A ingestão de ferro e cálcio dos adolescentes também se apresentou abaixo do preconizado. Alimentos como vegetais e frutas tiverem um baixo consumo (32% todos os dias da semana) por ambos os gêneros, sendo que muitos preferem consumir alimentos de rápido preparo. Dessa forma, torna-se relevante propor estratégias de prevenção de futuras patologias e de controle da alimentação, com um enfoque maior na educação nutricional, incentivando os hábitos alimentares saudáveis para esse grupo populacional.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page