O PROCESSO DE CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA

Délvio Venanzi, Wilson Sandano

Resumo


O trabalho, que se relaciona a uma pesquisa de Doutorado que está em andamento, procura analisar o processo de criação da Universidade de Sorocaba, no período de 1988 a 1994. A pesquisa foi realizada nos arquivos da Universidade e do jornal Cruzeiro do Sul, e na Biblioteca Aluísio de Almeida, por meio de consulta a Boletins Internos, Cadernos da Uniso, jornais da época, documentos escritos, livros, dissertações e teses. Foram, também, realizadas entrevistas com pessoas envolvidas no processo. Ao analisar esse processo de criação da Universidade, com a transformação de Faculdade isolada em Faculdades Integradas e depois em Universidade Comunitária, o artigo visa compreender as razões para a criação da Universidade de Sorocaba. Os primeiros resultados, já que a pesquisa se encontra em andamento, evidenciam que, na época, a criação da Universidade era um desejo e necessidade da cidade de Sorocaba. A cidade e o entorno justificavam uma Universidade, pois a demanda era expressiva, tendo em vista que uma parcela significativa de alunos cursava faculdades fora da cidade; ainda, por não haver uma Universidade, diversificação de cursos e uma instituição pública; mas o momento não era favorável à criação de uma universidade pública.

Palavras-chave


Uniso, Educação superior, Universidade

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page