A AMBIDESTRALIDADE EM EMPRESAS DE GRANDE PORTE NA REGIÃO DE GUARAPUAVA- PR SOB A ÓTICA DA TEORIA CONTINGENCIAL

Katiane Crotti, Giuliana Martinelli Pacheco, Luiz Fernando Lara

Resumo


A pesquisa buscou analisar a ambidestralidade no setor produtivo de empresas de grande porte voltando-se à Teoria da Contingência para entender os processos de inovação incremental e radical dentro deste contexto. A pesquisa caracterizou-se como qualitativa, estudo de casos múltiplos, com dados coletados por meio de entrevistas e observações. Os resultados demonstraram que as empresas possuem capacidade ambidestra, mas que tendem a desenvolver mais inovações incrementais do que radicais. Quanto aos fatores contingenciais apontou-se que a estrutura e a cultura organizacional, bem como a comunicação influenciam diretamente no processo inovativo, configurando-se como barreiras e condutores à inovação.

Palavras-chave


Organizações ambidestras; Inovação; Teoria da Contingência.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page