LER E ESCREVER PARA QUÊ? SENTIDOS DO LETRAMENTO ESCOLAR PARA ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

Marcos Luiz Wiedemer, Marcia Lisbôa Costa de Oliveira

Resumo


Este trabalho examina as concepções sobre o papel da escrita e da leitura de adolescentes em situação de conflito com a lei, a partir da análise de algumas práticas de letramento desses indivíduos. Para tal finalidade, utilizamos como fundamentação teórico-metodológica as abordagens oriundas dos Novos Estudos do Letramento e da Sociolinguística. A análise das produções tem por objetivo averiguar os sentidos que esses adolescentes em situação de conflito com a lei atribuem ao processo de escolarização e ao discurso escolar, bem como promover um diálogo entre os estudos de práticas socioculturais e sociolinguísticos. Os resultados sugerem que quando se analisam tais concepções, os indivíduos passam a ser compreendidos como parte integrante de determinada comunidade de prática (discursiva), que se manifesta em suas formas de engajamento, as quais constituem suas identidades sociais.

Palavras-chave


Novos Estudos do Letramento; Comunidade de Prática; Identidades.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page