COMPARAÇÃO E DIFERENCIAÇÃO ENTRE DOIS SUPORTES PEDAGÓGICOS NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DE FÍSICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: SOFTWARE E EXPERIMENTO

Luiz Eduardo Souza, Alexandre Yasuda Miguelote, Sued Corrêa Borges

Resumo


A constante busca pelo software, que proporcione uma melhor simulação de experimento de Física, como suporte pedagógico, nos leva a pensar em um possível descarte das atividades experimentais como suporte pedagógico. Atividades essas tão cobradas pela comunidade acadêmica. Apesar desse atual direcionamento, que acaba se tornando uma tendência, continuamos acreditando na grande importância das atividades experimentas. Acreditamos no experimento como o principal suporte pedagógico no processo ensino - aprendizagem de Física. Com o intuito de manter essa importância, procuramos através deste trabalho, realizar um pequeno confronto entre o Software e o Experimento. Este trabalho foi desenvolvido em um colégio da Rede Estadual de Ensino, onde atividades experimentais e software de simulação foram desenvolvidas com alunos, com o propósito de promover esse confronto. Para isso trabalhamos com três turmas, onde na primeira turma (A) foi realizado, além da aula expositiva (que chamamos de aula tradicional), um experimento como suporte pedagógico. Para a segunda turma (B) foi utilizado um Software de simulação, como suporte pedagógico, além também da aula tradicional. Uma terceira turma (C) (turma de controle), que obteve somente aulas expositivas (tradicional), foi utilizada, somente para mostrar que, apesar das divergências de opiniões, tanto as atividades experimentais como as simulações, com utilização de software, possuem uma grande importância, como suporte pedagógico, no processo ensino - aprendizagem. O trabalho é finalizado com uma breve analise dos resultados obtidos e as das conclusos finais.

Palavras-chave


ensino-aprendizagem; comparação; diferenciação; metodologia; experimento; software; vantagem, desvantagem, Física.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page