DIFICULDADES ELENCADAS POR DIRETORES DA ATENÇÃO À SAÚDE, GESTOR MUNICIPAL E ENFERMEIRAS PARA A OPERACIONALIZAÇÃO DA REDE CEGONHA

michelle araújo moreira, alana nascimento sales

Resumo


RESUMO
Objetivos: levantar, descrever e analisar as dificuldades elencadas por diretores da atenção à saúde, gestor municipal e enfermeiras para a operacionalização da Rede Cegonha em um município do interior da Bahia. Métodos: Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo e exploratório cujos cenários definiram-se pela Unidade de Saúde da Família (USF) Nossa Senhora da Vitória I, II, III; pelo Centro Municipal de Atendimento Especializado (CMAE); pela Secretaria Municipal de Saúde e pela Maternidade Santa Helena. Os sujeitos foram diretores da atenção básica, média e alta complexidade, diretor clínico da maternidade, gestor municipal e enfermeiras da USF Nossa Senhora da Vitória, do CMAE e da maternidade. Os dados foram colhidos por meio de entrevista semiestruturada e analisados pela técnica de análise de conteúdo temático. Resultados: Percebeu-se que há um conhecimento insipiente por parte dos profissionais da saúde sobre a Rede Cegonha, uma precária estrutura física nas USF para o desenvolvimento de ações e uma desestruturação na gestão de saúde local, o que implica em fragmentação assistencial. Conclusões: Verifica-se a necessidade de desenvolver um plano de ação regional para promover a implementação da Rede Cegonha, garantindo o acolhimento, a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da assistência pré-natal.
Palavras-chave: Gestão em Saúde; Obstetrícia; Enfermagem.

Palavras-chave


Gestão em Saúde; Obstetrícia; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page