IMPACTO DE DIFERENTES FONTES LIPÍDICAS EM PARÂMETROS BIOQUÍMICOS DE RATOS WISTAR

Bruna Larissa Santo, Priscila Silva Figueiredo, Camila Corage Da Silva, Wander Fernando De Oliveira Filiú, Adriana Guercio Conceiçon, Elisvânia Freitas Dos Santos, Rita de Cássia Avellaneda Guimarães

Resumo


O objetivo do estudo foi avaliar o efeito de diferentes fontes de óleos no consumo de dieta, ganho de peso e exames bioquímicos de ratos Wistar. Foram utilizados 32 ratos machos da linhagem Wistar recém-desmamados (± 60g). Os animais foram divididos em 5 grupos de acordo com o óleo consumido: óleo de soja (GOS); óleo de macadâmia (GOM); óleo de cártamo (GOC); óleo de gergelim (GOG); e óleo de chia (GOCH). A dieta utilizada foi AIN-93G modificada somente na fonte lipídica, por 25 dias. As dosagens bioquímicas foram realizadas em aparelho automatizado Cobas® 6000 (Roche Diagnostics). Os dados foram submetidos à análise de variância ANOVA/teste Tukey (p<0,05*). Os animais do grupo GOC apresentaram maior consumo de dieta e menor ganho de peso (p<0,05).Os níveis de colesterol total e HDL-c foram inferiores no grupo GOC. Os grupos GOS, GOC e GOCH apresentaram valores inferiores de colesterol total, triglicerídeos e glicose. A enzima AST foi menor nos grupos GOC, GOG e GOCH. Óleo de cártamo mostrou-se efetivo para um menor ganho de peso sem restrição alimentar. A predominância de ácidos graxos insaturados atuou positivamente em importantes parâmetros bioquímicos como colesterol total, triglicerídeos e glicose.

Palavras-chave


Óleos, Lipídeos séricos, Ganho de peso

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page