Dialogismo, polifonia e interdiscursividade: conceitos-chave para o estudo sobre o gênero discursivo conto.

Márcia Adriana Dias Kraemer

Resumo


Dialogismo, polifonia e interdiscursividade são conceitos-chave correntemente utilizados para subsidiar estudos na área de língua materna. Em nossas pesquisas, buscamos analisar a relação entre esses conceitos, inseridos na concepção interacionista de linguagem, as teorias que lhe são subjacentes e o estudo dos gêneros discursivos, com enfoque nos pressupostos de Bakhtin (2006), de Brait (2009) e de Faraco (2009). Objetivamos refletir, sob a ótica da Linguística Aplicada e da Teoria Sociológica do Discurso, como a tríade conceitual vincula-se às pesquisas acadêmicas de pós-graduação, centradas na linha de ensino-aprendizagem de língua portuguesa e de literatura, verificando a sua apropriação como contrapalavra nas proposições teórico-metodológicas que implementam. Investigamos, assim, o entendimento desses termos, à luz de sua relação com nossos estudos sobre contos escritos na contemporaneidade, ligados ao projeto Análise linguística: contextualização às práticas de leitura e de produção textual, e ao grupo de pesquisa FELIP – Formação e Ensino em Língua Portuguesa, da Universidade Estadual de Londrina/PR. Temos ciência de que a escolha do gênero discursivo conto acontece pelo fato de ser uma atividade de leitura e de escrita concreta e histórica, tipicamente situada na comunicação social, com traços temáticos, estilísticos e composicionais concernentes a enunciados individuais, dessa forma, inserida no labor humano. 


Palavras-chave


Ensino; Dialogismo; Conto

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page