Uma leitura de Mínimo múltiplo comum, de Rosa Amanda Strausz

Anderson da Costa Xavier

Resumo


Neste artigo, pensamos a conturbada relação entre a literatura pautada no plano qualitativo e o mercado editorial. Em uma análise embrionária de Mínimo múltiplo comum, de Rosa Amanda Strausz, evidenciamos que é possível pensar a produção de textos literários a partir da qualidade de sua composição.


Palavras-chave


Literatura contemporânea, mercado editorial, feminismo

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page