O CENÁRIO BELGA E O ESTADO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NAS COMUNIDADES FLAMANDE, FRANÇAISE E GERMANOPHONE

MADE JÚNIOR MIRANDA

Resumo


O objetivo deste texto foi documentar a nossa experiência vivenciada através dos vários contatos realizados junto às atividades acadêmicas e extensionistas da Universidade de Liège no campo do ensino da Educação Física. Foi relatado o estado desta área do conhecimento nas comunidades flamenga, francesa e germanófona da Bélgica a partir da análise de documentos científicos e da interatividade proporcionada pelas atividades do estágio de doutorado sanduíche da CAPES. Observou-se que a Bélgica faz parte dos países considerados com índices de desenvolvimento de Primeiro Mundo e que o governo dá muita autonomia para as três comunidades que formam o Estado. A reforma das leis belgas de 1970 deu garantia constitucional de liberdade, bem como a igualdade de educação para as minorias ideológicas e filosóficas de cada lado da fronteira lingüística. Hoje há um serviço externo de avaliação da eficácia escolar feito pela Inspeção Escolar e pelo Escritório de Aconselhamento Pedagógico que durante uma visita verifica as condições da organização, o funcionamento e a política de gestão de qualidade interna. Contudo, os especialistas da área têm afirmado que a Educação Física escolar não é de alto nível, pois as pesquisas mostram que ela não tem conseguido atingir todas as metas previstas. 

Palavras-chave


Bélgica; Educação; Educação Física.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page