“TRAVESSIA” E “UMA VEZ NA VIDA”; UMA BUSCA PELA IDENTIDADE E PELO PERTENCIMENTO

Anna Carolina Maia Teixeira

Resumo


Este artigo propõe a análise dos contos “Travessia”, de Márcia Bechara, e “Uma vez na vida”, de Jhumpa Lahiri, com focalização específica nos personagens imigrantes, no seu modo de lidar com a herança cultural e nas alterações sofridas por suas identidades individuais em função da vida em uma nova terra. Os contos são um relato da tentativa em manter estas raízes culturais vivas e as dúvidas que surgem ao longo deste processo. Ambos os contos levantam questões a respeito do lugar antropológico dos personagens e demonstram como as identidades tornaram-se cambiáveis nos tempos modernos.


Palavras-chave


Identidade, herança cultural e pertencimento

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page