CORPOS ESTRANHOS: UM ESTUDO SOBRE A PRESENÇA MASCULINA NA DOCÊNCIA INFANTIL

Wendel Souza Santos

Resumo


Resumo:Este artigo teve como objetivo analisar como se desenvolve as relações de gênero na educação, principalmente com relação à presença masculina na docência infantil. Para tanto, foi realizada pesquisa qualitativa de cunho bibliográfica. Utilizamos como coleta de dados notícias sobre a participação masculina na educação infantil por de mídias eletrônicas. Percebemos que a profissão é tida como predominantemente feminina, o que gera discriminações entre homens que atuam nessa profissão. Portanto é preciso (des)naturalizar e (des)construir as relações de gênero que geram dicotomias, diferenças e discriminação do professor homem que atua na docência infantil.

Palavras-chave


Palavras- chave: Gênero; corpo; docência infantil.

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page