IDENTIDADE E TRADIÇÃO: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER MIGRANTE EM A DOÇURA DO MUNDO, DE THRITY UMRIGAR, E TERRA DESCANSADA, DE JHUMPA LAHIRI

Jailson Baldez SIMÕES, Shirley de Souza Gomes CARREIRA

Resumo


A proposta deste trabalho é analisar comparativamente o romance A doçura do mundo, de Thrity Umrigar, e os contos da coletânea Terra descansada, de Jhumpa Lahiri, a fim de examinar como as autoras registram ficcionalmente os diferentes processos de aculturação da mulher imigrante, sua busca de pertencimento, bem como os conflitos advindos do choque cultural.

Palavras-chave


Representação; Mulher; Imigração

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page