A “PERMANÊNCIA DE INÊS” EM INVENÇÃO DE ORFEU, DE JORGE DE LIMA

Luciano Dias Cavalcanti

Resumo


Uma questão importante que perpassa todo o Invenção de Orfeu é a presença marcante das musas. O poeta é amparado por uma quantidade enorme de musas, que estão presentes no poema em todos os Cantos, retiradas da tradição literária ou mesmo criadas por ele. São elas: Inês de Castro, Lenora, Eurídice, Beatriz, Ofélia, Penélope, Eumetis, Mira-Celi, Lis Celidônia, entre outras. Portanto, o poeta cria auxiliado por estas divindades. Nosso intuito, nesse artigo, é dedicar nossos esforços para a análise da presença de Inês de Castro no poema de Jorge de Lima, musa importante para sua poética, pois representa o próprio fazer poético limiano.

Palavras-chave


Leitura; Poesia Brasileira, Linguagens

Texto completo:

PDF


Locations of visitors to this page